Como regar cacto grande e cactos pequenos sem riscos!

Chegou a hora de aprender como cuidar de cactos e suculentas! Uma dúvida muito comum é como regar cactos? Qual a quantidade de água? Quantas vezes por semana devo aguar os cactos? Fique tranquilo, pois neste artigo do Blog das Plantas vamos responder todas estas dúvidas, além de dar muitas dicas sobre os mais diversos tipos de cactos!

Cactos

Apesar de muita gente já saber que os cactos são espécies que vivem bem em ambientes extremante quentes, a maioria não sabe como regar cactos e muito menos, como essas plantas conseguem se manter vivas por tanto tempo no calor.

Os cactos não vivem apenas em regiões desérticas, ou seja, você pode cultivar cactos em casa. Por sinal, são opções excelentes para as pessoas que gostam de flores e plantas, mas quase não tem tempo para a manutenção.

Cuidados com cacto grande e mini cactos

Vamos ensinar como regar cactos sem riscos de matar a planta!

Como cuidar de cactos

Então, quer dizer que é só plantar o cacto, jogar água de vez em quando e pronto? Bom, é quase isso, mas sabemos que os cuidados com as plantas não devem ser assim! Apesar dos cactos darem pouco trabalho, você deve tomar alguns cuidados básicos, principalmente quanto a forma de regar o cacto.

Existem vários tipos de cactos, mas uma coisa é certa, você precisa ficar de olho nos sinais que a sua planta te passa! A maior parte das pessoas acaba matando o cacto afogado, porque estão acostumados com a forma convencional de regar outras flores e plantas.

Porém, também existem pessoas que deixam os cactos morrendo de sede, porque acham que eles não precisam de água nunca! Para acabar de vez com estes problemas na hora de aguar o cacto, vamos deixar na sequência as principais dicas sobre o tema.

Não mate o cacto de sede

A regra é bem simples! Você deve regar os cactos de 7 em 7 dias durante o verão ou dias bem quentes. Quando estiver no inverno ou dias bem frios, você deve regar o cacto de 14 em 14 dias.

Se você quiser ter certeza absoluta da hora que deve molhar a sua planta, você pode usar o seu dedo para sentir se a terra está úmida ou seca. O teste do palito que já ensinamos em outro artigo do Blog das Plantas é outra ótima opção, se ainda não conhece, vale a pena ler para aprender essa técnica!

Não mate o cacto afogado

A quantidade de água depende dos tipos de cactos? Sim e não! Na verdade, você deve observar muito mais a relação da quantidade de água e o tamanho da sua planta. Quanto maior for a sua planta, mais água você vai usar, o mesmo acontece para o contrário.

Portanto, se você tiver mini-cactos deve regar como uma quantidade pequena de água, algo em torno de uma colher de chá. Porém, se for um cacto grande você deve ir aumentando a proporção da quantidade, mas nunca deve passar de 3 ou 4 colheres de chá.

Vaso para cactos

Como plantar cactos no recipiente adequado? Essa é outra dúvida comum, mas muito simples de responder! O seu cacto vai crescer basicamente de acordo com o tamanho do vaso que disponibilizar. Então, quanto mais espaço para a raiz desenvolver, maior será a sua planta.

Indiferente de ser cacto grande ou cactos pequenos, uma regra deve ser seguida para todos os tipos de cactos, você jamais deve plantar cactos em um vaso que não tenha um ótimo sistema de drenagem! Se o excesso de água não escorrer corretamente e ficar acumulado no vaso, a raiz do cacto certamente vai apodrecer!

Uma dica de ouro é cobrir a terra com algumas pedrinhas ou cascas de madeira, porque isso é importante para ajudar na manutenção da umidade adequada. Não use pedras artificiais, pois em alguns casos elas liberam propriedades químicas que podem envenenar e matar a sua planta.

Ventilação e sol para cactos

Deixe o seu cacto sempre em um ambiente bem arejado e que tenha uma ótima iluminação solar. Se você não tem uma área externa como é o caso dos apartamentos por exemplo, a dica é deixar os cactos bem próximos da janela.

Entretanto, lembre-se de evitar os lugares com fortes correntes de vento e também tenha muito cuidado com a chuva, que pode acabar matando a planta pelo excesso de água.

Adubo para cactos

As plantas também precisam de nutrientes importantes, porque nenhum ser vivo sobrevive apenas de água não é mesmo? Para alimentar a sua planta, você deve adubar bem a terra e oferecer os substratos corretos para o seu cacto. Não se assuste, pois isso é muito fácil de resolver! Basta adicionar adubo para cactos uma vez por mês.

Para evitar doenças, lembre-se de regar somente a terra e nunca a planta inteira. Lembre-se também de limpar os musgos e tirar todas as ervas daninhas do recipiente. Seguindo corretamente estas dicas você terá um cacto forte e bonito! Compartilhe este artigo com outros apaixonados por cactos e suculentas, vamos espalhar as boas informações.