Dicas para aprender como plantar lavanda!

É bem provável que você já tenha sentido o cheiro de lavanda aí na sua casa! Podemos dizer isso, porque existem vários produtos de limpeza e de higiene pessoal que levam lavanda na sua fabricação. Ela é usada em várias situações, por exemplo: óleo de lavanda, essência de lavanda, chá de lavanda e muito mais!

De acordo com os especialistas, a lavanda é usada para efeitos medicinais, por causa das suas propriedades calmantes, analgésicas, anti-inflamatórias e antissépticas. Para quem não sabe, ela é uma planta classificada como entouceirada, e a sua origem vem das montanhas do Mediterrâneo.

Pensando bem em tudo que falamos até agora, se você está achando que é simples cultivar lavanda, saiba que você tem toda razão! Então, bora aprender quais devem ser as suas preocupações quando quiser aprender como cuidar da sua lavanda.

Como plantar lavanda?

Para começar a cultivar lavanda, você precisa saber as informações sobre o clima, a luminosidade e o solo. Com isso em mãos, fica mais fácil definir o melhor local para plantar a sua muda de lavanda. Para te ajudar a cuidar corretamente da sua planta, vamos detalhar cada um destes aspectos citados.

Óleo essencial de lavanda, essência de lavanda

Dicas para aprender como plantar lavanda!

Solo para lavanda

A primeira coisa importante é saber que a lavanda não suporta o solo encharcado. Portanto, o solo adequado deve oferecer uma excelente drenagem! Portanto, se você tem o intuito de cultivar lavanda em vaso, a dica é colocar pedras no fundo, além de optar por um solo menos argiloso. Como última dica sobre o solo, tenha atenção ao pH que deve estar entre 6,5 e 7,5.

Clima para lavanda

O Brasil é um país onde a maior parte dos estados tem uma predominância com altas temperaturas, o que não será problema para cultivar lavandas! Podemos afirmar isso, pois elas são fortes e se desenvolvem bem em locais quentes.

Bom, então quer dizer que na região fria não tem como plantar lavanda? Que nada pessoal, elas também suportam geadas, ou seja, é uma planta muito resistente que pode ser cultivada facilmente em diversas condições.

Iluminação para lavanda

Aqui tem outro detalhe muito importante! Sempre garanta que a sua lavanda fique exposta a luz do sol direta pelo menos por 5 horas diariamente. Saiba que ela é uma planta que gosta de sol, e quanto mais sol maior será a quantidade de óleo essencial de lavanda produzido.

Irrigação para lavanda

Para irrigar é fundamental dosar a quantidade certa, sempre evitando que o solo fique molhado demais! Porém, ao contrário do que possa parecer, a lavanda não gosta de solo seco demais, então é necessário mantê-lo úmido.

Quando se passar 30 dias do plantio da lavanda, naturalmente ela vai estar bem mais enraizada. Após este período, a frequência pode ser bem menor do que quando está regando a muda de lavanda.

Apesar dela ser uma planta bem tolerante à seca, os cuidados devem ser redobrados quando plantar lavanda em vaso. Faça sempre o teste do palito para verificar a umidade do solo, assim você sempre vai regar a sua planta na hora correta!

Muda de lavanda

Segundo os especialistas, o cultivo de lavanda deve ser feito com estacas de plantas bem verdes, sempre sem folhas amareladas, pois assim elas vão se ramificar bem melhor! Quando essa ramificação acontece bem, é um sinal forte de que a planta está bem saudável. Sobre as estacas, elas precisam ter cerca de 10 cm de comprimento. Sabendo isso, agora só resta escolher se você vai plantar a lavanda em canteiros ou nos vasos.

Replantar lavanda

O replantio da lavanda é relativamente bem simples! Basta retirar a planta cuidadosamente, e depois colocá-la no novo vaso ou no canteiro escolhido. Uma dica importante é misturar o solo antigo com o novo, pois assim a planta não estranha tanto o novo habitat.

Seguindo todas essas dicas, certamente a sua lavanda vai crescer linda e cheirosa. Calma que ainda não acabou! A gente sempre deixa um vídeo sobre o tema, pois assim você pode aprender ainda mais dicas sobre o assunto do artigo, assista para aprender cada vez melhor.

Se tiver gostado das dicas, compartilhe nas suas redes sociais e aproveite para convidar outros apaixonados por flores e plantas para acompanhar o Blog das Plantas.