Orquídea bambu, ela faz parte do grupo de orquídeas raras?

Você já ouviu falar da orquídea bambu? Sabe responder se ela faz parte do grupo das orquídeas raras? Neste artigo do Blog das Plantas vamos mostrar todos os detalhes desta linda flor!

Orquídea Bambu

Antigamente era comum ver este tipo de orquídea que podia ser plantada na terra, aguentava sol forte e chegava à 2,5 metros de altura. Essa é uma planta de origem do sudoeste asiático, sendo tão comuna naquela região, que as pessoas afirmavam que as orquídeas bambu literalmente floresciam que nem mato.

Caso você não saiba, a orquídea bambu é a mais popular em muitas ilhas havaianas, se tornando tão comum quanto às flores nativas. A orquídea bambu recebeu este nome por causa do seu caule, que lembra exatamente o formato de um bambu!

É importante frisar que tanto o nome popular quanto o científico são referentes aos pseudobulbos da planta, que são bem longos e com folhas finas. A floração da orquídea bambu é colorida, perfumada e por isso costuma atrair muitas abelhas, besouros ou borboletas.

Com aproximadamente 9 centímetros, a flor da orquídea bambu dura apenas 3 ou 4 dias. Em contrapartida, esse tipo de orquídea oferece floração quase que o ano todo, algo bem diferente dos outros tipos de orquídeas!

Quais são os tipos de orquídeas raras?

Aprenda como cultivar orquídea bambu!

Como cultivar orquídea bambu

A orquídea bambu geralmente é cultivada em uma mistura de terra, areia e húmus de minhoca ou algum outro composto orgânico. Caso queira plantar a sua orquídea em vaso de barro, você deve substituir a areia por substrato misto, justamente para diminuir o calor nas raízes da planta.

Essa espécie de orquídea se desenvolve bem no sol forte, mas para isso você deve se certificar de que ela seja mantida sempre úmida! Se você mora em regiões bem quentes e com muito vento, o indicado é regar a orquídea bambu diariamente, e é claro que deve diminuir as regas nos dias mais frios ou fresco.

Se você mora em regiões extremamente frias, é muito importante proteger a orquídea evitando que ela fique exposta às geadas. Portanto, o mais indicado é cultivar a orquídea bambu no vaso e dentro de casa durante o inverno.

Muda de orquídea bambu

Como falamos, a orquídea bambu costuma ter várias florações! É importante que que você espere que os bulbos tenham pelo menos duas ou três raízes de aproximadamente 5 centímetros. Quando estiverem deste tamanho, aí você pode retirá-los da planta mãe e replantá-los em novos vasos para orquídeas.

Quando for cultivar orquídea bambu no paisagismo, você deve tomar muito cuidado para que a planta não fique sempre na sombra. Caso isso aconteça, os ramos vão ficando mais alongados e se curvando em busca do sol, deixando a planta com o aspecto feio e desengonçado. Se a orquídea bambu ficar na sombra, isso certamente afetará a produção das flores, além de deixar a orquídea menos vivida!

Orquídea Bambu: Características

Em todos os nossos artigos sempre deixamos um vídeo sobre o tema, assim você pode continuar aprendendo sobre os cuidados das flores e plantas! Sendo assim, assista os vídeos e pegue cada vez mais dicas para deixar as suas flores bonitas e saudáveis!

Gostou deste artigo? Compartilhe com outros apaixonados por flores! E se quiser continuar aprendendo sobre o cultivo das orquídeas, aqui no Blog das Plantas tem dicas sobre adubação e cuidados de várias outras flores como rosa, tulipa e muito mais.