10 dicas para aprender como cultivar orquídeas

Aqui no Blog das Plantas tem vários artigos falando sobre as orquídeas, onde ensinamos como cultivar orquídeas! Se você é um apaixonado por flores e plantas, mas não tem muito tempo para pesquisar sobre os cuidados com orquídeas, este artigo traz 10 dicas importantes para te ajudar a escolher o vaso para orquídea, te ensinar como escolher adubo para orquídeas e como replantar orquídeas.

Dicas para cultivar orquídeas

Para ter uma planta saudável e com flores bem bonitas, você precisa oferecer corretamente, todos os adubos e substratos para orquídeas! Além disso, você também deve prestar atenção nos sinais que a planta dá!

Vaso para orquídea

A primeira dica é sobre a escolha do vaso, que deve ser preferencialmente de barro! É possível cultivar orquídea em vasos de plástico, mas desde já saiba que não é a opção mais indicada.

O vaso de barro é mais caro, mas a porosidade do vaso ajuda na drenagem melhor da água, algo que é muito importante para garantir a saúde da planta. Caso você escolha o vaso de plástico, ao regar orquídea você deve ter cuidado redobrar, evitando que ela fique encharcada demais.

Como escolher adubo para orquídeas?

Dicas importantes para melhor a sua forma de cultivar orquídeas.

Cultivar orquídea

Outro detalhe importante é sobre o tamanho do vaso em relação à planta! Por exemplo, quando a base orquídea está bem próxima da boca do vaso, você deve tirar a planta deste vaso. Ao replantar a orquídea, você deve manter pelo menos dois dedos entre a base da planta e boca do vaso.

Como replantar orquídea

Na hora de acomodar a flor no vaso, você deve observar de qual lado estão surgindo os brotos novos, porque essa é a parte frontal da planta! Isso é importante, porque você deve usar a parte traseira para encostar em um dos lados do vaso, visando oferecer um apoio inicial importante para a orquídea replantada.

Substrato para orquídeas

O vaso que vai receber a orquídea replantada deve ser bem preparado com chips de fibra de coco ou musgo à planta. Lave muito bem o vaso para orquídea, visando retirar o excesso de areia.

Material para plantar orquídea

Uma dica importante é esterilizar a tesoura que vai usar! Depois que ela esfriar totalmente, você pode cortar as folhas murchas e/ou partes doentes. Sempre faça a esterilização antes de cortar outra planta, justamente para evitar a transmissão de qualquer doença ou praga.

Cuidar da orquídea replantada

Ao realizar um corte em uma parte da orquídea, passe um pouco de canela em pó no local do corte. Talvez você não saiba, mas a canela em pó é como se fosse um cicatrizante natural para essa planta!

Pragas em orquídeas

Na maioria das vezes, as doenças e pragas em orquídeas é notada através das manchas nas folhas da orquídea. Você sabia que os pulgões e cochonilhas podem ser eliminados das folhas usando apenas sabão de coco? Portanto, basta usar uma escova para esfregar as folhas. Lembre-se de lavar bem a escolha quando for trocar de planta.

Orquídea precisa de sol

Você deve sempre reparar na coloração da folha da orquídea, pois digamos que é através da folhagem que vamos notar os principais sinais de problemas! Sendo assim, se notar que as folhas estão escuras demais, é um sinal que você deve mudar a orquídea de lugar, pois quando maior for contato indireto com a luz, maior será a chance de florescer!

Identificação para orquídeas

Outra dica importante é colocar plaquinhas de identificação nas suas orquídeas. Os principais dados devem ser o nome da espécie, o período da última floração e possíveis cuidados especiais.

Com essas dicas você pode ter menos dor de cabeça ao cultivar a sua flor! Se quiser aprender mais ainda sobre as orquídeas, vamos deixar um vídeo com ótimas informações, vale a pena assistir!

Continue acessando os artigos aqui do Blog das Plantas! Temos várias dicas sobre orquídeas, cactos, tulipas, além de outras flores e plantas.