Aprenda como como cultivar rosas amarelas!

Como não admirar a beleza da rosa amarela? Você já viu alguém ganhando um buquê de rosas amarelas? Neste artigo do Blog da Plantas, vamos dar mais dicas sobre a forma correta de cultivar rosas, dando continuidade ao artigo em que ensinamos como plantar rosas vermelhas.

Cuidados com as rosas

Estamos falando de uma espécie maravilhosa de flor! As rosas são bem populares no Brasil, mas saiba que ela também é admirada por pessoas de todo o mundo. Como a rosa é uma flor bem versátil, ela se torna uma opção viável para quem quer ter flor, mas não quer ter muito trabalho com os cuidados ao cultivar as plantas!

Para te ajudar a cultivar rosas corretamente, trouxemos uma lista com as principais dicas! Então, leia atentamente cada informação para evitar erros que possam condenar a saúde ou florescimento da sua planta.

Como cultivar rosas em vaso

Dicas sobre a forma de cultivar rosa amarela

Temperatura ideal para as rosas

As rosas são flores que precisam ser mantidas em temperaturas amenas. Sendo assim, o indicado é que o ambiente não seja frio demais e nem quente demais! De acordo com os especialistas, a temperatura ideal para cultivar uma rosa é entre 18 e 25°C.

Vale lembrar que o Brasil é considerado um país tropical, ou seja, aqui faz muito calor na maioria dos estados. Portanto, a indicação é manter a rosa em um lugar fresco, podendo ser dentro ou fora da casa.

Deixe a rosa tomar sol

Ao contrário do que muitos pensam, a rosa precisa sim tomar sol! Para ter uma rosa forte que vá florescer bem, ela precisa de exposição solar direta por algum tempo. Por isso, o aconselhado é que ela fique exposta ao sol cerca de 5 horas por dia.

Talvez você esteja se perguntando, mas como eu vou deixar a rosa no sol e garantir que o ambiente esteja ameno? A resposta é realmente muito simples! Você só precisa deixar a rosa exposta ao sol no horário certo, ou seja, no início do dia pode ser entre 6 e 10 da manhã, e na final do dia pode ser entre 4 e 6 da tarde.

Seguindo corretamente estas orientações, você vai garantir que a sua roseira receba a luminosidade correta sem afetar o seu desenvolvimento. Este é um ponto crucial para ter uma roseira forte e saudável.

Regar a rosa corretamente

Aqui temos um ponto onde muitas pessoas cometem erros graves! Quando você for regar as suas rosas, o jeito certo é molhar diretamente a base da planta. Se você é daqueles que gosta de molhar a flor e as pétalas, saiba que você está aumentando as chances de desenvolvimento de doenças.

Quando a planta está bem novinha, o ideal é regar diariamente, e à medida que ela for desenvolvendo, você deve regar uma vez por semana durante o inverno, e duas vezes por semana durante o verão.

Solo com boa drenagem para as rosas

Para que as rosas possam se desenvolver e florescer, é indispensável garantir um solo fértil, além de uma excelente drenagem! Existem rosas que nascem e se desenvolvem em solos que parecem maltratados, mas isso não significa que ela esteja tão bonita quanto poderia estar.

O solo para plantar rosas deve ter uma boa quantidade de matéria orgânica, mas o principal é ter uma boa drenagem. Quando a planta fica em um solo constantemente encharcado, a chance dela adoecer é muito grande, isso sem falar que as raízes vão ficando cada vez mais podres!

Podar as rosas

Outro erro muito comum é não podar as rosas, lembre-se de podar a sua planta nos momentos importantes. Muita gente tem flores, mas não sabem como cultivar corretamente!

A primeira poda deve acontecer um ano após o plantio. Em seguida, você deve fazer a poda sempre depois de cada floração. Os especialistas indicam que a poda seja feita sempre entre o mês de junho e agosto, sendo que julho é considerada o mês ideal.

Adubo para rosas

Adubar as plantas é outro ponto importante que não deve acontecer apenas as vezes, porque a adubação deve ser regular e eficiente. Sempre que possível você deve escolher uma adubação natural, evitando ao máximo produtos químicos. Então, a adubação deve contar com material orgânico, preferencialmente esterco, acontecendo pela primeira vez logo após a primeira poda.

Pragas nas rosas

Como eliminar as pragas na roseira? Bom, primeiro é importante saber que as rosas são flores que não costumam sofrer com fungos e outros tipos de pragas de plantas, mas isso pode sim acontecer! Para manter a sua rosa sempre bem bonita, você deve retirar as pétalas e/ou folhas que estiverem ressecadas, com machas estranhas ou furos.

Agora você já sabe como cultivar rosas, e viu que é um processo bem mais simples do que parece não é mesmo? Se você seguir os cuidados que o Blog das Plantas apresentou, você certamente vai ter uma flor linda por vários anos!

Compartilhe este artigo nas suas redes sociais, e continue acessando as nossas publicações que estão repletas de informações sobres plantas e flores diversas.