Como fazer muda de orquídea? Dicas e cuidados com orquídeas!

O assunto de hoje é muda de orquídea! O Blog das Plantas preparou este artigo especial para te ensinar como fazer muda de orquídea, mas não é só isso! Também vamos explicar como cuidar de uma orquídea, e o que fazer para deixar a sua flor forte e bonita.

Como fazer muda de orquídea?

Se você não sabe a resposta para essa pergunta, fique tranquilo! Vamos te ensinar o passo para plantar orquídea e como cuidar da muda, mas desde já vamos informar que é um processo que não é tão complicado.

É importante que você saiba que há uma diferença bem grande entre o modo de fazer muda de orquídea em ambiente doméstico e os métodos comerciais. A grande diferença é que as vezes não é possível fazer muda de orquídea em casa, visto que nem sempre conseguimos controlar a temperatura, luz, ventilação água e nutrientes.

Como plantar orquídea? Como cultivar orquídeas!

Tudo que precisa saber para fazer muda de orquídea!

Muda de orquídea: Formas de cultivar

Podemos dizer que existem 3 formas de fazer mudas de orquídeas em casa. O método mais indicado depende da espécie da orquídea.

Muda de orquídeas por semente

Podemos dizer que este é o método de muda de orquídeas mais complexo e sem dúvidas o mais demorado. Isso é justificado quando pensamos que é muito mais difícil fazer o controle de nutrientes necessários para a semente desabrochar.

Para cultivar muda a partir da semente, é necessário ter a presença de um tipo de fungo (micorriza), que é o responsável por fornecer os nutrientes que a semente de orquídea precisa para desenvolver. Você vai precisar de:

O primeiro passo é macerar as raízes na água de coco. Depois você deve peneirar o líquido e juntar com as sementes de orquídea. Por fim, é só despejar essa mistura bem devagar em um tronco de árvore com os fungos.

Uma outra forma de fazer muda de orquídea pela semente, é jogando apenas as sementes com o liquido em um vaso com uma orquídea adulta. Tenha muita atenção, pois precisam ser orquídeas da mesma espécie.

Muda de orquídeas pelo caule

Este é o método mais usado e muito mais simples que o anterior! A única exigência inicial é que o caule já esteja com a raiz brotando. Então, você deve cortar o caule com a raiz e colocá-lo em um vaso que deve ser preparado com substrato para orquídea.

O solo para plantar a muda de orquídea deve ser forrado com carvão, pedras e/ou casca de pinus, justamente para garantir a drenagem adequada da água. Tenha atenção, porque se o caule não conseguir se sustentar em pé sozinho, você vai precisar colocar uma vareta para amarrar a planta.

Muda de orquídeas na areia

Neste caso o método é bem parecido com o anterior, sendo que a principal diferença é justamente o uso da areia no lugar do substrato. Você deve enterrar o caule da orquídea na areia, tomando cuidado com a profundidade que deve ser entre 5 e 8 cm. Assim que notar que os novos brotos estão se desenvolvendo, é só replantar a muda de orquídea no local definitivo.

Muda de orquídeas Vanda

Caso você não saiba, a Vanda é um tipo de orquídea classificada como monopodial, ou seja, para fazer muda dessa espécie você precisa aguardar até que a planta produza um novo broto. Depois que ele atingir a altura de aproximadamente 22 cm, você deve replantar no vaso, na árvore ou outro local que preferir.

Muda de orquídeas Cymbidium

Esta orquídea é facilmente multiplicável usando o método de divisão de touceiras. Então, é só retirar dois bulbos da planta mãe e plantá-los em uma terra preparada com o substrato adequado. Na hora de retirar os bulbos você deve fazer cuidadosamente, justamente para não danificar as raízes da orquídea mãe!

Muda de orquídeas Bambu

Tirar muda de orquídea Bambu é um processo fácil, podendo ser reproduzida através dos novos brotos que vão saindo do meio e da ponta dos ramos. Tenha muita atenção para retirar os brotos apenas quando estiverem com 5 cm.

Estes brotinhos devem ser replantados em solo preparado com substrato para orquídeas. Você deve regar uma vez por semana e depois que notar que já houve enraizamento e surgimento da nova folhagem, chegou o momento de replantar a orquídea no seu local definitivo.

Cuidados finais com orquídea

Quando a sua muda estiver totalmente formada e em condições de ser replantada, você deve ter os mesmos cuidados que teria com uma orquídea adulta. Inclusive, já tem um artigo completo aqui no Blog das Plantas falando sobre isso, vale a pena ler!

Como falamos no início do artigo, os cuidados com orquídeas variam de acordo com cada espécie. Portanto, você deve estar sempre lendo artigos e assistindo vídeos que mostram como cuidar de uma orquídea.

Regar, adubar, podar e outros detalhes são importantes para manter a sua orquídea forte e bonita. Envie este artigo para os apaixonados por plantas e flores, nos ajude a espalhar estas importantes informações.